musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - EX-ENGRAXATE - TRIBO DA PERIFERIA - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Ex-Engraxate letra


O dinheiro mata, a pobreza faz chorar, a paz agoniza, o pensador se arma, mas tudo vai ficar bem.

O espelho de onde eu sou não reflete o que ele é, quero tudo que eles têm, tenho tudo que eles quer. Vida sofrida hoje eu quero é um brilho na guarita atenção pras minhas fitas assista mais de mil visitas o mesmo céu que pra uns é bem melhor o mesmo céu pra outros já demoro o sucesso hoje tá escasso conquiste o seu espaço tem do jeito certo do jeito errado e do jeito que eu faço um drink gelo wisk pros gladiador requinte puta chique salve sofredor tô de novo valor

Cê gosta não que eu sei por que a mesa virou e o plebeu virou Rei ao meu domínio encontrei o dono do mundo mendigando lombra e pagando pra vagabundo e por isso tô vivo e o frevo começou quero te ver sorrindo e compensar o que cê passou quantas vezes de o Ed de madrugada pé na porta arma na cara quebra tudo e não acha nada satisfação pra mim é ver os gambé pensar fim de semana em que frevo a gente vai dar, narguilê bandio maçante chocolate fumaçei gíria do mundo ex engraxate um momento pensante dispenso os diamantes compensa ser o cisco sábio em terra de gigante .

O dinheiro mata, mas tudo vai ficar bem, a pobreza faz chorar, mas tudo vai ficar bem, a paz agoniza, mas tudo vai ficar bem, o pensador se arma, mas tudo vai ficar bem.

É e o vento sopra a poeira estanca a pipa treme arranca o telhado sobe à fumaça brasei o baseado acende apaga a vela do finado e eu sobrevivendo nisso tudo eis aqui moleque de belo pixaim nada pra oferecer rotulo de humilde MC tá ai ex engraxate concurso superior com o exemplo muito ensinou e o estado não graduou sofredor que valoriza o sofredor inocento que faz as lágrimas e a dor virar dinheiro com o tempo quantos vejo no momento afogados em prantos lamentos

Ri na tua cara por fora e sofre morrendo por dentro eu não quero trocar sua vida em diamantes eu dou a minha pela sua e os brilhantes eu quero eles contente e não com medo de mim eu quero os boys regando as papoulas do meu jardim então vem nois dois compõe essa vacina eu tenho os contatos e você financia a firma um momento pensante dispenso os diamantes compensa ser o cisco sábio em terra de gigantes.

O dinheiro mata, mas tudo vai ficar bem, a pobreza faz chorar, mas tudo vai ficar bem, a paz agoniza, mas tudo vai ficar bem, o pensador se arma, mas tudo vai ficar bem

Tribo da Periferia - Letras

©2003 - 2017 - musicas.mus.br