musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - SERá? - TRIBO DA PERIFERIA - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Será? letra


Pensamento em você, o que vai acontecer? (quero te ver)
Madrugada sem sono, esperando a vez no banho
Ansiedade é mato pro dia esperado
Fugir da realidade por pouco tempo do seu lado
Pensamentos alegres, lembranças felizes
Momentos de paz ausentes me deixam triste
Fecho quieto da minha jack, espero o início da guerra
A solidão invade, agonia ao meu peito aperta
Olhos fechados, vem sua imagem me abraçando
Águas da caixa correndo, o beck queimando
Você me beijando e os pássaros cantando
Tortura, acordo a noite e ver do meu lado
Me acordando com um beijo e deitando no meu braço
Caralho, já acordei pesado
Te procurei não achei, só vi o barraco lotado

Será que a grade vai estralar?
Será que ela vai atravessar?
Será? Eu vou poder te abraçar
E expulsar essa agonia ao ver você me visitar

Você me conforta, me dá carinha e paz
Os passos perdidos não se desviam nunca mais
Pra um coração que tava petrificado pela maldade
A ganância, os pecados amargurados
Deus te trouxe aqui, não deixou meu mal sair
Abriu o meu caminho, te conheci
Uma mulher simples e humilde
Mais preciosa que qualquer diamante que existe
Por você sou capaz de apagar o sol
Trazer a lua iluminada amarrada no anzol
Mudar essa vida bandida, recomeçar uma nova vida
Na alegria e na tristeza minha princesa querida
Nossa intimidade requer sinceridade
É a base pro que é dito seja sempre verdade
O tempo passando, as horas voando
Cirene toca e me acorda de um sonho
O foda é ver você ir e eu parado sorrir
Só posso esperar o dia de sair daqui
Um beijo amor, te amo, se cuida lá fora
Vou suportar só por você, até a próxima
De volta pra cela com os pensamentos a mil, não para
Olho pra suas fotos o coração dispara
Meu tic tac, o coração por você flutua
Minha lua, o tempo me tortura

Será que a grade vai estralar?
Será que ela vai atravessar?
Será? Eu vou poder te abraçar
E expulsar essa agonia ao ver você me visitar

Ansiedade, vontade de te abraçar
Esquecer a realidade deste lugar
Puxando duas cadeiras, as vezes vem o pesadelo
Que te perco as emoções
Todo homem sente medo que cria um flash
Um sorriso seu, ciúmes atacando
A realidade me puxa, a saudade me apertando
7 Dia contando as horas pra te ver
Como cê tá minha querida? Te amo, só quero você
Não esquece que sua presença já me basta
Me dar forças pra olhar por cima da muralha
Um dia vai acabar, vou lembrar desse lugar
Apagar da memória o que tentou me abalar
As madrugadas na porta pra pegar as primeiras senhas
Não sonho em vão, eu vou fazer valer a pena
Tomou parte do meu erro, compartilhou minha sentença
Me ajudou a resolver um mar de problemas
A insegurança foi embora, foi jogada fora
O medo agora não importa, seu olhos não chora
Escutei estralar, a grade atravessar
Não conto mais com o será, agora posso te beijar
Te desejo, tenho sua aliança no dedo
Sinto o amor no seu cheiro, minha princesa, par perfeito
Mais uma semana eu olhando pra grade esperando você chegar
Quanta demora, contando os segundos pra te amar

Meu amor, quanto tempo demorei pra te encontrar
A saudade vem, invade, me maltrata
Tudo o que tem que ser volta ao seu lugar

E o que for será

Tribo da Periferia - Letras

©2003 - 2017 - musicas.mus.br